Roteiro 2 Paris Lado B: mais dicas de atrações charmosas

Roteiro 2 Paris Lado B
Parque Buttes Chaumont, uma das atrações do Roteiro 2 Paris Lado B. Todas as fotos são de Marco André Briones.

Dando continuidade à série, hoje eu lhes apresento o roteiro 2 PARIS LADO B. Nele, veremos ainda mais atrações interessantíssimas, pouquíssimo visitadas por turistas brasileiros, mas que seguramente, merecem uma visita daqueles que já tiverem estado na cidade anteriormente ou que queiram fugir um pouco dos locais mais cheios e frequentados pelos turistas.

Bon Voyage!

O roteiro 2 será iniciado com uma igreja pouco conhecida até mesmo pelos parisienses: é a Igreja Ortodoxa São Sérgio, que é o mais antigo estabelecimento privado de estudos de teologia ortodoxa na Europa. Além disso, é uma construção muito rica em detalhes religiosos, com cores e um projeto arquitetônico bastante diferentes dos padrões das igrejas católicas tradicionais. É possível visitar tal igreja em horários e dias específicos, sempre com um guia.

A segunda atração talvez seja um dos mais belos museus pouco conhecidos de Paris: o Museu Bourdelle. Este museu ocupa os locais onde ficavam o antigo atelier e a residência do escultor Antoine Bourdelle.

Neste museu podemos ver todo o talento do escultor expresso em suas maravilhosas esculturas em mármore, bronze, madeira e gesso. Há esculturas de todos os tamanhos, divididas em salas temáticas, além do atelier do artista.  Tudo preservado até hoje, além de um lindo jardim interno.

Roteiro 2 Paris Lado B
Fachada da Biblioteca Santa Genoveva, lindo local do nosso Roteiro 2 Paris Lado B.

Arquitetura inovadora

A terceira atração do roteiro 2 é a maravilhosa Biblioteca Santa Genoveva, que é uma das mais lindas do mundo.

A Biblioteca de Santa Genoveva foi construída em um local próxima à antiga abadia de Santa Genoveva, a qual foi construída no século VI pelo Rei Clóvis e pela Rainha Clotilde.

O estilo arquitetônico empregado na construção da biblioteca foi altamente inovador para a época, pois dispunha de vastos espaços para o armazenamento imediato e consulta de grande parte do acervo de livros, além de ter longas mesas para que os leitores pudessem consultar as obras disponíveis na biblioteca. Ela também foi a primeira biblioteca em Paris a ter sido construída especificamente para ser uma biblioteca.

No local onde se encontra atualmente a biblioteca havia o Colégio Medieval Montaigu, no qual lecionaram Erasmo de Rotterdam, autor do famoso “Elogio da Loucura”, Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, da qual surgiram os jesuítas, Jean Calvin, um dos maiores líderes da Reforma e do famoso escritor Rabelais.

Entre os usuários mais famosos da Biblioteca Santa Genoveva está o escritor francês mais Famoso: Victor Hugo. A biblioteca também é usada como cenário para obras de ficção de Balzac, Simone de Beauvoir, no Ulysses de James Joyce e em escritos de Guillaume Apollinaire. O artista Marcel Duchamp trabalhou na reserva de livros da biblioteca. No cinema, a biblioteca foi usada como cenário para o filme “A Invenção de Hugo Cabret”, de Martin Scorsese.

Locais charmosos

A próxima parada é o Breizh Café que, na realidade, tem como especialidade os crepes. Seguramente, quando você comer o crepe deles terá a certeza de estar comendo um dos melhores crepes do mundo, talvez o melhor! Peça o seu crepe com uma garrafinha de cidra, que é a combinação perfeita para o crepe servido na casa. As opções são muitas e todas são igualmente deliciosas. O local é sempre lotado, sendo melhor chegar cedo para tentar conseguir uma mesa.

A atração a seguir é, na minha opinião, o mais lindo e charmoso parque de Paris: o Parque Buttes Chaumont.

Mais uma foto do Parque Buttes Chaumont.

Este parque foi construído no estilo inglês sobre uma antiga pedreira. Ele imita uma paisagem montanhosa, com rochedos, falésias, cascatas, grutas e belvederes. É também o quinto maior parque de Paris e o parque da cidade que tem maior desnível (40 metros) entre suas partes. Há nele também uma ponte suspensa construída por Gustave Eiffel, o mesmo engenheiro construtor da torre símbolo da França.

O Parque Buttes Chaumont é um dos favoritos dos parisienses, pois não é muito frequentado por turistas, por ser afastado do centro da cidade e estar no meio de uma área muito residencial conhecida como Belleville.

Roteiro 2 Paris Lado B
Estátua de Henrique IV na Praça do Verde Gala, uma das atrações do Roteiro 2 Paris Lado B

Praça que vale a pena

O ponto que visitaremos a seguir é a Praça do Verde Gala (Square du Vert Gallant), que se situa em uma das extremidades da ilha de La Cité, oferecendo uma belíssima vista sobre o rio Sena.

Nela, podemos encontrar uma estátua do Rei Henrique IV montado sobre um cavalo. Neste local foram queimados vivos os últimos templários de Paris.

Atualmente, é um lugar muito procurado pelos casais de namorados ou grupos de amigos que queiram se encontrar para conversar e ficar olhando uma das mais belas vistas de Paris.

A última parada de nosso roteiro de hoje é o Claustro e Igreja dos Bilhetes, que é uma paróquia protestante luterana construída em 1427. Trata-se do único claustro medieval remanescente em Paris até os dias de hoje.

O claustro em si não é muito grande, mas possui todas as características clássicas dos claustros medievais, tendo uma atmosfera austera e sombria. Atualmente é usado como galeria para exposições de novos artistas.

Espero que tenham gostado do nosso segundo Roteiro PARIS LADO B!

Até o próximo roteiro! À bientôt!

Leia também o post Roteiros Paris lado B e conheça os outros roteiros e veja a Galeira de Fotos

Endereços das atrações do Roteiro 2 Paris Lado B:

  • Église Orthodoxe Saint Serge – 93 Rue de Crimée
  • Musée Bourdelle – 18 Rue Antoine Bourdelle
  • Bibliothèque Saint Geneviève – 10 Place du Panthéon
  • Breizh Café – 109 Rue Vieille du Temple
  • Parc Buttes Chaumont – 1 Rue Botzaris
  • Square du Vert Galant – 15 Place du Pont Neuf
  • Cloitre et Église des Billettes – 24 Rue des Archives

Todas as fotos da matéria foram tiradas por Marco André Briones, em 2008, 2014 e 2015.

Para saber mais dicas de turismo cultural e histórico no Brasil e no mundo, acompanhe a coluna de Marco André Briones no portal Cidade&Cultura