Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Museu Kroller Muller em Otterlo

Museu Kroller Muller - Foto Marco André Briones

Entrada do Museu Kroller Muller. Fotos de Marco André Briones

Museu Kroller Muller

Terraço do Café à Noite – Van Gogh

Se você é um admirador das obras de Vincent Van Gogh, certamente precisa conhecer o Museu Kröller-Müller, localizado em Otterlo, a apenas 95 km de Amsterdã, aproximadamente uma hora de viagem de carro.

Trata-se de um dos melhores e mais desconhecidos museus de arte do mundo. Poucos turistas fora da Holanda já ouviram falar ou visitaram o Museu Kroller Muller, pois eles usualmente restringem suas visitas aos locais mais famosos do país, tais como Amsterdã, Haia ou Rotterdã.

Eu tive a oportunidade de visitar o Museu Kroller Muller em janeiro de 2006, no auge do inverno europeu, quando toda a região estava totalmente coberta de neve.

Reconhecimento de talentos

Museu Kroller Muller - Foto Marco André Briones

Uma das galerias do museu

O Museu Kroller Muller foi fundado por Helene Kroller Muller, que era filha de um riquíssimo magnata da indústria do aço na Holanda. Helene era uma ávida colecionadora que foi uma das primeiras pessoas a reconhecer o talento incomparável de Vincent Van Gogh e a colecionar suas obras. Além disso, como adquiriu uma enorme quantidade de quadros do pintor, até então pouco conhecido, ela contribuiu muito para que sua obra se tornasse cada vez mais popular e reconhecida internacionalmente.

Atualmente, o museu abriga nada menos do que a segunda maior coleção de quadros de Van Gogh no mundo, ficando portanto atrás apenas do próprio Museu Van Gogh, em Amsterdã.

Helene sonhava em construir seu museu dos sonhos, no qual ela pudesse compartilhar seu amor pela arte moderna com todo mundo. Durante 1907 e 1922, ela adquiriu aproximadamente 11.500 obras de arte, fazendo de sua coleção uma das maiores de todo o século XX. Ela finalmente conseguiu materializar seu sonho em 1938, assim que o Museu Kroller Muller abriu suas portas.

Localização previlegiada

O museu é localizado no meio de um lindo e enorme parque, que já foi uma reserva natural de 30 hectares, chamado Parque Nacional Hoge Veluwe, na cidade de Otterlo. Lá podemos ver algumas das melhores vistas do interior da Holanda, pois no parque há dunas de areia, lagos, bosques, além da fauna e flora local.

Museu Kroller Muller - Foto Marco André Briones

Jardim de Esculturas no Museu Kroller Muller

Além do museu, situado no parque, podemos visitar o melhor jardim de esculturas modernas e contemporâneas do mundo, com mais de 160 obras de escultores icônicos como Aristide Maillol, Auguste Rodin e Henry Moore, entre outros. O parque reflete o conceito de simbiose entre arte, arquitetura e natureza de Helene Kroller Muller. Ao visitar o local, podemos realmente sentir como todos esses três elementos combinam harmoniosamente. O parque é aberto durante o ano todo, e muda de aparência de acordo com as estações. A área externa do museu serve também de espaço para concertos musicais no verão, além de muitas workshops.

No entanto, não são apenas os quadros de Van Gogh que podem ser apreciados pelos turistas. Há muitas outras obras de grandes artistas que também estão permanentemente em exposição no museu, entre elas, vários quadros de Monet, Mondrian, Seurat, Braque, Gauguin e Picasso. Além disso, também podem ser vistos outros quadros de artistas holandeses, italianos, alemães dos séculos XVI a XVIII, mobiliário, cerâmicas chinesas, egípcias, francesas e gregas.

Importância nacional

Atualmente o museu recebe mais de 330.000 visitantes ao ano, sendo o sexto museu de arte mais popular da Holanda. O parque no qual se situa o museu foi vendido pela família Kroller Muller ao governo holandês em 1935.  Em seguida, Helene e seu marido doaram toda a sua coleção de obras de arte à Holanda. Em 1938, o museu foi finalmente aberto ao público. Já o jardim de esculturas foi adicionado em 1961 e uma nova ala de exposições foi construída em 1977.

Museu Kroller Muller - Foto Marco André BrionesComo não há nenhuma estação de trem nos arredores do parque, a maneira mais fácil de se conhecer o parque e o Museu Kroller Muller é de carro, pois o acesso é mais rápido e há vários estacionamentos no local. Todo o espaço é também muito bom de ser visitado de bicicleta, nos meses mais quentes do ano, pois há muitas bicicletas brancas para aluguel, permitindo que os turistas possam conhecer o parque, o jardim de esculturas e, por fim, visitar as obras maravilhosas em exposição no museu. Além disso há também um ótimo restaurante self-service, chamado “Monsieur Jacques”.

Visita inesquecível

Nunca me esquecerei da visita ao Museu Kroller Muller, em pleno inverno, e de ficar surpreso com a quantidade e qualidade das obras expostas no local. Foi realmente uma visita muito especial para mim, pois as paredes do museu são praticamente todas de vidro, permitindo que eu pudesse ver toda a neve do lado de fora, no jardim de esculturas, enquanto conhecia este maravilhoso museu.

Então se estiver na Holanda e tiver algum tempo disponível, não perca a oportunidade de visitar um lugar único, pouquíssimo conhecido pelos turistas brasileiros, e que lhe deixará surpreso com suas belezas e a qualidade indiscutível de sua coleção de obras de arte. Bom passeio!

Por Marco André Briones – marcoandrebriones@cidadeecultura.com.br

Todas as fotos da matéria foram tiradas por Marco André Briones, em janeiro de 2006.

Para saber mais dicas de turismo cultural e histórico no Brasil e no mundo, acompanhe a coluna de Marco André Briones no portal Cidade&Cultura

Museu Kroller Muller

Retrato de Joseph Roulin – Van Gogh

Museu Kroller Muller

Le Chahut – Georges Seurat




Deixe uma resposta