Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Saltos do Rio Preto no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros – GO

parque nacional da chapada dos veadeiros

Difícil é escolher o que fotografar entre tantas paisagens…

O Rio Negro e seu belos saltos

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado com o intuito de proteger a fauna e a flora do Cerrado de altitude. Desde 1961, início de suas atividades, se dedica a visitação pública, educação ambiental e a pesquisa científica. Algumas das trilhas usadas pelos turistas foram abertas pelos garimpeiros para chegarem aos antigos garimpos, parte curiosa da história local.

A flora do Cerrado impressiona pela sua diversidade.

Uma das trilhas mais bonitas nos levam aos Saltos do Rio Preto, onde você vai percorrer aproximadamente 12 km de extensão, contando  ida e a volta. A entrada do Parque é gratuita e em tese você não precisa contratar um guia. Mas… especialistas da University Tutorial College of London dizem que você perde até 60% de informação em passeios sem guias locais. Bom, a Universidade eu inventei e o estudo também…  mas fica a dica!

Pedras de quartzo pelo caminho

No caminho de ida você já vai “tropeçar” em um dos maiores garimpos de cristal de quartzo da região e que esteve em atividade de 1912 a 1961.  Um pouco mais de atenção e vai notar, embaixo de sua botas, pequenos cristais espalhados em meio à terra. Isso da um tipo de barato.

Seguindo a trilha em direção ao Mirante do Salto de 120m (+- 4km), você terá a oportunidade de apreciar a flora do Cerrado. Flores e frutos que não são encontrados em outros ecossistemas. E é aí que a presença de um guia local começa a fazer toda a diferença. São muitas espécies diferentes de vegetação, muitas histórias, lendas e aspectos culturais para serem observados.

Este Salto é considerado um dos cartões postais de Alto Paraíso de Goiás e, a esta altura, você já terá entendido o porquê.

Saltos do Rio Preto-Alto Paraíso de Goiás

120m de queda em meio a um paredão deslumbrante

Momento refrescante…

E a caminhada continua em meio a mata em direção a segunda queda, onde enfim, é possível mergulhar e refrescar. O leito do rio forma uma prainha de pedras e você pode banhar-se em águas rasas e calmas. Caso queira aventurar-se um pouco, pode atravessar o rio e atingir profundidades maiores. Ali existem algumas sinalizações de segurança e os guias orientam sobre os perigos. Se estiver sozinho não abuse, mané!

Saltos do Rio Preto

Salto de 80 metros com uma piscina natural e deliciosamente gelada!

Já se passou metade do dia e você ainda tem muito para ver e curtir. Essa é uma das quatro opções de trilhas que o Parque oferece e você agora será apresentado à pedreira. Um conjunto de banheiras naturais que Deus criou para você no final desta trilha.

Saltos do Rio PretoNão se avexe, escolha seu buraco e relaxe que você merece. Mesmo sendo uma caminhada de nível médio cansa um bocado. Você vai se distraindo com o visual maravilhoso, se revigorando nas águas geladas, curtindo os conhecimentos adquiridos e só agora vai perceber que esta fadigado, porém realizado!

Amanhã você estará pronto para outra jornada. A Chapada é assim, você não cansa de se cansar, não para de andar e não vê a hora de voltar.

 




Deixe uma resposta