A Charmosa Guararema, “Pérola do Vale”

Guararema
Guararema-SP, Fotos Marco André Briones

Poucas cidades do interior do Brasil possuem tantas atrações turísticas de qualidade, além de uma beleza arquitetônica e vários recantos com uma bela natureza preservada. Guararema é uma daquelas cidades que nos cativa desde a primeira visita, deixando em cada turista a vontade de retornar para conhecer um pouco mais daquela que é conhecida como a “Pérola do Vale”.  

A primeira vez em que estive na cidade foi em julho de 2018. Eu gostei tanto que, apenas dois meses depois, regressei para poder conhecer um pouco mais da linda cidade. Desde então, visitei mais uma vez em Guararema, em dezembro de 2019, quando pude descobrir lugares pitorescos que eu ainda não havia conhecido nas passagens anteriores.

Guararema
Portal Terra Guararemense

Informações básicas sobre Guararema

Situada a apenas 81 km de distância da capital paulista, e com uma população de 27.000 habitantes, Guararema se encontra exatamente na divisa entre o Alto Tietê e o Vale do Paraíba. O nome “Guararema” foi dado pelos índios tupi-guarani à arvore pau-d’alho, que é muito abundante na região.

O acesso à cidade se dá através de duas entradas distintas. Para quem faz o acesso pelo bairro da Escada, logo é possível se vê o Memorial Origens de Guararema. Para aqueles que chegam pelo bairro do Ipiranga, pode ser visto o portal Terra Guararemense.

Abaixo segue um roteiro que eu montei para uma visita bastante completa à charmosa “Pérola do Vale”, para você aproveite ao máximo sua estadia. O ideal é se passar um final de semana na cidade. No entanto, se você chegar cedo e tiver muito fôlego, poderá conhecer tudo em um dia só.

Um pouco de História

Podemos considerar que a história de Guararema se iniciou em 1560, quando o explorador Brás Cubas cruzou a região em busca de ouro. Ele foi o primeiro bandeirante a passar por ali. Já em 1611, Gaspar Vaz, fundador de Mogi das Cruzes, estabeleceu o Aldeamento da Escada, que acabou por ser a origem da atual cidade de Guararema.

Dois dos símbolos presentes no brasão da cidade são o ramo de pessegueiro e a cana de açúcar, ambas culturas que exerceram um enorme papel no desenvolvimento econômico de Guararema. A cultura do pêssego foi particularmente relevante nas décadas de 1950 e 1960, declinando posteriormente devido a uma praga que devastou a produção local.

Guararema
Guararema – Igreja Nossa Senhora da Escada, construída em 1734

Lugares Turísticos

Guararema – Nossa Senhora da Escada

Iniciamos o passeio pelo Memorial Origens de Guararema, que fica localizado na entrada do bairro Freguesia da Escada. O memorial representa os elementos formadores do povo local: índios, religiosos e colonos, que foram os responsáveis pela construção da primeira capela, a de Nossa Senhora da Escada, em 1652, que foi demolida posteriormente. Esse bairro fica a 3,5 km do centro da cidade, e é repleto de restaurantes charmosos e belos casarões antigos.

A atual Igreja Nossa Senhora da Escada foi construída em 1734, no mesmo local da capela original de 1652. Possui arquitetura tipicamente barroca, feita de taipa de pilão e pau a pique e é lindamente pintada em branco e azul, sendo um dos mais importantes cartões postais da cidade. Dentro dela podemos ver a estátua de Nossa Senhora da Escada, que dá o nome à igreja e ao bairro. Curiosamente, ele segura uma escada em uma de suas mãos. Além disso, podemos ver aquela que se acredita ser a única estátua de São Longuinho existente no Brasil, que foi encontrada durante uma reforma nos fundos da igreja em 1954. Há também um pequeno museu ao lado da igreja, no qual podemos ver peças antigas de uso da igreja e que são vestígios da história da cidade.

Devido à sua posição privilegiada, sendo uma ótima parada situada no caminho entre Rio de Janeiro e São Paulo, a antiga freguesia da Escada recebeu a visita de D. Pedro I, em 1822 a caminho de São Paulo, pouco antes de declaração da Independência do Brasil.

Em frente à igreja à uma bela praça, com um grande crucifixo no meio dela, além de lindas e frondosas árvores. Bem próximo à praça há o incrível restaurante Maricota, que tem uma agradável varanda, música ao vivo de ótima qualidade e um cardápio excelente, oferecendo petiscos e pratos deliciosos preparados com ingredientes locais. Não perca o palmito pupunha, servido diretamente na casca, com deliciosos temperos.

Guararema
Guararema – Capela Nossa Senhora d`Ajuda

Depois de uma pausa gastronômica, recomendo que siga o passeio, indo conhecer a outra igreja histórica local, a da Nossa Senhora da Ajuda. No caminho, você passará pelo portal Terra Guararemense, que traz várias referências a elementos da cultura local, como a canoa indígena, que era o meio de transporte original da região, além de representações dos índios, igrejas, árvores centenárias, prédios históricos, aves e animais da região.

A Capela Nossa Senhora da Ajuda fica no alto de uma pequena colina. 81 degraus nos levam até a entrada da capela, que também pode ser acessada lateralmente, através de um estacionamento no alto da colina.

O templo abriga a santa que é considerada a protetora dos navegantes. A estátua de Nossa Senhora da Ajuda foi trazida pelos portugueses em 1532 e foi deixada no local. Atualmente, a estátua original se encontra na igreja Matriz da cidade. Na Capela da Ajuda podemos ver uma réplica. A capela em si foi fundada em 1682, tendo sido também construída em taipa de pilão e pau a pique, como a igreja de Nossa Senhora da Escada. Do alto da capela, podemos ter uma bela vista da região. Infelizmente, a antiga capela não se encontra tão bem preservada quanto à igreja de Nossa Senhora da Escada, necessitando urgentemente de recursos e mão de obra para restaurá-la e evitar que ela seja danificada pela falta de manutenção especializada.

Uma outra grande atração local é a decoração de Natal, realizada anualmente apenas com materiais recicláveis. Os artesãos locais usam de toda sua habilidade para criar lindos presépios, enfeites e luminárias que enfeitam e decoram toda a cidade. O natal em Guararema já se tornou uma grande tradição, atraindo muitos turistas de todas as partes do estado de São Paulo e do Brasil.

O Parque da Pedra Montada é um dos maiores e mais belos da cidade. Se situa a 6,3km do centro é uma das maiores áreas de lazer para todos os moradores e turistas que visitam Guararema.

O nome do local foi dado devido à uma a obra da natureza, que parece ter posicionado uma enorme pedra montada em cima de outra. Realmente parece algo feito por seres humanos, com o auxílio de um guindaste. No entanto, quando elas foram descobertas, já estavam na posição atual há um longo tempo.

Há uma ampla estrutura em madeira, muito bem planejada, que permite que os visitantes caminhem na mesma altura da copa das árvores, vendo o parque do alto, conseguindo visualizar os pássaros, riachos e cascatas que correm pelas encostas do parque. Foi também criado um bom restaurante, que serve petiscos e refeições por quilo. Após alcançarmos a “Pedra Montada” em si, há uma trilha adicional que nos leva à uma das outras grandes atrações do parque, que é a “Pedra do Tubarão”, que é incrivelmente semelhante ao dito animal. Tanto as crianças quanto os adultos ficam perplexos ao vê-la, conseguindo identificar seus olhos e boca. Vale muito conhecer esse parque e passar algumas horas por lá.

Guararema
Estação Guararema

Continuando o passeio, vamos conhecer o Pátio dos Ferroviários e a Estação Guararema. O pátio foi construído em homenagem a todos os funcionários da rede ferroviária, que sempre desempenhou um importante papel no desenvolvimento local. O Pátio dos Ferroviários apresenta vários murais amplos, com fotos antigas dos trens que circulavam por ali, além de seus maquinistas e funcionários da rede ferroviária, integrante da Central do Brasil. Uma bela forma de se preservar a memória e o nome daqueles que tanto contribuíram para a construção e expansão da cidade.

Pouquíssimos municípios brasileiros tem uma preocupação tão grande em manter e preservar sua história e patrimônio como Guararema. Por tal razão, a Estação Guararema, inaugurada em 1891 se encontra em perfeito estado de conservação, pintada, restaurada e ainda em uso. De lá parte um dos melhores passeios da cidade, ligando o centro de Guararema à estação Luís Carlos, um município distante 7 km dali, também lindamente preservado, repleto de lojas e restaurantes agradáveis.

Podemos também ver uma locomotiva original de 1927, perfeitamente restaurada pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF). A cidade reformou seus trilhos, comprou carros novos para passageiros e revitalizou a praça local, criando o Pátio dos Ferroviários e a casa de trem Seu Lopes, na qual a locomotiva é guardada.

Guararema
Guararema – Centro Artesanal Dona Nenê

Se você estiver procurando o artesanato local, não deixe de visitar o Centro Artesanal Dona Nenê. É uma estrutura moderna, toda em vidro, com ar condicionado central, na qual há pequenos stands para os artesãos locais exibirem seus artigos para os turistas. Há um pouco de tudo: peças de barro, bebidas, doces, enfeites, enfim, tudo muito bem feito e com preços bastante acessíveis.

A Igreja Matriz de Guararema existente atualmente é a terceira construção. As anteriores foram demolidas em diferentes épocas, sendo que a atual igreja data de 1954. No altar, podemos ver as imagens originais dos padroeiros da cidade, Nossa Senhora da Escada, que ficava originalmente na Igreja de Nossa Senhora da Escada, a de Nossa Senhora da Ajuda e a de São Benedito. É um ponto central da cidade, localizada na praça principal de Guararema.

Bem pertinho da Matriz, há o Pátio do Zé Bala e a Travessa Dona Vitória. O pátio e a travessa formam um espaço público de convivência que abrange também uma ponte sobre o ribeirão Guararema. O local é decorado com amplos painéis que retratam a vida antiga da cidade. Passando pelo local, não deixe de almoçar ou comer um petisco no ótimo Empório Bistrô, um dos melhores restaurantes da cidade, com um amplo cardápio e um atendimento excelente.

Prosseguindo o passeio, conheceremos um dos pontos mais marcantes da cidade de Guararema: a Ilha Grande.

O rio Paraíba do Sul é o propulsor de todo o turismo na cidade, pois suas águas são mantidas muito limpas, repletas de peixes, fazendo com que a natureza local encante os turistas e visitantes que passam por ali. No meio do rio se encontra a bela Ilha Grande, que ocupa uma área de 20 mil metros quadrados, com quiosques, trilhas, um mirante e um núcleo de educação ambiental. O acesso se dá através de uma ponte pênsil, na qual muitas crianças se divertem ao alimentarem a grande quantidade de peixes que se encontram nas águas do rio, logo abaixo. Sem dúvida, um dos lugares mais agradáveis da cidade, perfeito para um tranquilo passeio em qualquer horário do dia. O entardecer é particularmente marcante no local, pois podemos ver o sol se pondo lentamente e a ilha sendo tomada pelo chegar da noite. Realmente um espetáculo muito especial.

Guararema
Recanto do Américo

O Recanto do Américo, também conhecido como “Pau d’Alho”, se situa às margens do rio Paraíba do Sul. Lá se encontra uma árvore pau d’alho bicentenária, de 30 metros de altura. Uma verdadeira referência em toda a cidade e que deu nome à cidade de Guararema. Acredita-se que no passado toda a região da atual Guararema fosse ocupada por uma densa floresta de árvores pau d’alho.

O local possui ilhas e mini pontes que as conectam e permitem que os visitantes caminhem entre elas. O ponto de acesso é através de uma praça ornada por belos decks de madeira e quiosques de vendas de alimentos e bebidas. A vista panorâmica do rio merece uma parada para ser devidamente aproveitada. É um dos pontos de encontros da cidade, pois todos o conhecem e a vista é realmente privilegiada. Infelizmente, em todas as vezes que estive em Guararema o Recanto do Américo estava fechado para reformas. Espero que da próxima vez que estiver na cidade eu finalmente consiga conhecer essa atração que parece ser muito especial.

Se você quiser ter a melhor vista de toda a cidade não pode deixar de conhecer o Mirante de Guararema no Morro do Gerbásio. Lá do alto dos 80 metros de altitude é possível termos uma panorâmica de Guararema. No local foi construída uma praça elevada, com deck de madeira, banheiros públicos, estacionamento e uma divertida fonte com jatos d’água fixos, que faz a alegria da criançada, especialmente nos dias quentes de verão. Aproveitando que já está lá em cima, não deixe de passar pelo restaurante Hangar 13, que serve almoços, jantares e petiscos, tudo isso com uma vista incrível.

Para finalizar, ou iniciar o passeio, uma ótima opção é visitar o distrito de Luís Carlos, bastante próximo ao centro de Guararema, no qual podemos conhecer a estação local, perfeitamente restaurada, assim como todo o centro histórico local, incluindo a Capela de São Lourenço. Há um amplo estacionamento que fica lotado aos finais de semana, pois os turistas querem conhecer esse lugar tão charmoso, que possui um pequeno museu, vários bares e restaurantes de ótimo padrão, lojinhas de artesanato e presentes, além do tradicional passeio de Maria Fumaça entre a Estação Luís Carlos e a Estação Guararema, que é um dos favoritos de todos que visitam essa cidade tão pitoresca e agradável.

Guararema hoje em dia

A cidade é a sede de grandes indústrias, as quais empregam a mão de obra local. Como exemplo, podemos citar a Panco, grande indústria alimentícia, a Masterfoods, fabricante dos produtos das marcas de chocolates M&M e Twix, as balas e gomas de mascar Wrigley e o arroz Uncle Ben’s. Um grande polo comercial é o Empório do Algodão, um enorme outlet que vende produtos de grandes marcas a preços acessíveis, além da Petrobrás, que possui o Terminal Transpetro de Guararema, onde são estocados derivados de petróleo. No total há 81 indústrias instaladas na região.

A agricultura local concentra mais de 600 propriedades, a maioria produtora de flores, particularmente orquídeas, além de frutas. O solo local é muito fértil e o clima é muito agradável.

Guararema
Guararema – Monumento ao Rio Paraíba do Sul

Guararema recebe metade de sua previsão orçamentária dos royalties do petróleo, pagos a municípios como forma de compensação ambiental pela extração do petróleo. A cidade possui um oleoduto que abastece refinarias de todo o estado de São Paulo.

Guararema é um dos poucos municípios do Brasil que investe 4% de seu orçamento em cultura. A preocupação da administração local com assuntos culturais pode ser constatada com a criação de grandes espaços culturais pela cidade, tais como a Estação Literária Professora Maria de Lourdes Évora Camargo, a Casa da Memória e o cinema totalmente restaurado, que preservou a fachada original mas foi equipado com equipamentos de alta tecnologia de entretenimento para a população da cidade.

Além disso, a cidade já recebeu no passado o título de 1ª cidade no Estado de São Paulo e 8ª de todo o Brasil com o melhor índice de Responsabilidade Fiscal, Social e de Gestão (IRFS). Outro elemento que denota a seriedade da gestão da cidade é que a prefeitura de Guararema foi a segunda do país, atrás apenas de Gramado, no Rio Grande do Sul, a conquistar a certificação ISSO 9001.

Eu tenho certeza de que se você visitar Guararema uma vez, logo ficará com vontade de planejar o seu próximo passeio com seus familiares e amigos, para apreciar um pouco mais da natureza local, dos ótimos restaurantes e da atmosfera hospitaleira e acolhedora desse local mágico. Não perca!!!

Você gostou da matéria? Então entre em contato com o autor através do e-mail: marcoandrebriones@cidadeecultura.com.br

Quer ajudar o autor da coluna a mantê-la ativa, sempre com novos artigos? Que tal então comprar os produtos relacionados ao local visitado diretamente no site da Amazon do Brasil? Usando os links fornecidos abaixo para suas compras você estará dando sua contribuição diretamente. Muito obrigado por seu apoio!

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner.gif

Todas as fotos da matéria foram tiradas por Marco André Briones em julho e setembro de 2018 e dezembro de 2019.

Bibliografia usada:

Guararema – Suas Belezas e Histórias, de Miliane Moraes, Marta Vicentin e Suéller Costa

Visite a página do autor