Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Work and Art – Polícia Ambiental, mais uma obra-prima de Guto Ambar

 

 

Noite de autógrafos no Museu da Casa Brasileira – São Paulo/SP

Guto Ambar lançou nesta semana, no Museu da Casa Brasileira em São Paulo, mais um livro de fine-art dentro do tema “Work and Art”. O primoroso artista vem retratando, com imenso bom gosto, o dia a dia de nobres profissões, desconhecidas da grande maioria da população. “A intenção é aproximar o observador do profissional que retrato nas imagens, humanizando a relação e promovendo uma maior compreensão de todos em relação à importância e à complexidade da função social que exercem”, explica Guto.

Na mesma proposta, o fotógrafo já retratou o trabalho do Batalhão de Choque da Polícia Militar, da qual faz parte. Sim, além de fotógrafo, Guto é Major do Regimento de Cavalaria Montada da Polícia Militar e, por esse motivo, possui um olhar refinado e uma compreensão singular sobre o tema.

Nesta edição sobre a Polícia Ambiental, o fotógrafo foi convidado pelo alto comando da corporação para registrar em imagens a rotina dos policiais. “Foi um desafio muito interessante em função do pouco tempo que tive para captar as imagens. Foram menos de vinte dias de trabalho, em missões na mata, no mar e em ações aéreas. Mesmo assim, acredito que o resultado ficou bem interessante.” E ficou mesmo, na opinião de todos que prestigiaram o evento.

Guto Ambar captando imagens no interior de São Paulo

Novos projetos

O fotógrafo não esconde a intenção de continuar produzindo livros humanísticos dentro do tema de sua criação, “Work and Art”, mas não nos adiantou qual será sua próxima obra: “Este ano, com certeza, teremos pelo menos mais três livros dentro dessa filosofia e proposta, mas ainda não posso adiantar os assuntos”.

O fotógrafo ainda desenvolve um importante trabalho no meio hípico onde é considerado um dos melhores fotógrafos brasileiros sobre o tema. Ambar é autor do livro Centaurus Dressage, com prefácio do J. R. Duran que compara Guto a Caravaggio, em função do contraste de luz e sombra em suas imagens.

Conheça mais sobre seu trabalho no segmento hípico.

 

Assista o making of da obra.




Deixe uma resposta