Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Museu Oscar Niemeyer, referência no Brasil e no mundo

Museu Oscar Niemeyer

Museu Oscar Niemeyer. Fotos Carlos Renato Fernandes

Museu Oscar Niemeyer

Inaugurado em 2002, o Museu Oscar Niemeyer – MON, em Curitiba, capital do Estado do Paraná, é uma das grandes referências artísticas nos campos nacional e internacional. Possui cerca de sete mil obras nas áreas de arquitetura, artes visuais e design. Suas dimensões são enormes, com 35 mil metros quadrados e mais 17 mil destinados somente para exposições, sendo assim considerado o maior museu da América Latina.

Arquitetado pelo gênio Oscar Niemeyer, possui 12 salas expositivas e conta com uma equipe multidisciplinar de excelência nos setores Gestão Museológica, Educativo, Planejamento Cultural, Documentação e Referência, Comunicação, Acervo e Conservação, Design, Eventos, além da área administrativa.

Acervo

Com cerca de sete mil obras, renomados artistas estão expostos, como: Tomie Ohtake, Alfredo Andersen, Theodoro De Bona, Miguel Bakun, Guido Viaro, Helena Wong, Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, João Turin, Ianelli, Caribé, Andy Warhol, Di Cavalcanti, Francisco Brennand, Oscar Niemeyer, entre outros.

Museu Oscar Niemeyer

Destaque para a Coleção Asiática

A Coleção Asiática foi doada pelo diplomata Fausto Godoy  e possui cerca de três mil peças originárias do sudoeste, centro e leste asiáticos e da Mesopotâmia. Entre elas, encontramos peças datadas de cinco mil anos a.C. São cerâmicas, porcelanas, peças em metal, mobiliários, esculturas, gravuras, têxteis e caligrafias.

 

Grandes exposições

O Museu Oscar Niemeyer é considerado uma instituição de referência em artes visuais no Brasil e no mundo. Tornou-se rota das grandes exposições nacionais e internacionais, recebendo mostras importantes, como as serigrafias do húngaro Victor Vasarely. Pinturas de Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Alfredo Andersen, Amedeo Modigliani. Esculturas de Degas e de Sérgio Camargo. Gravuras de Francisco Goya, Picasso e Escher. Fotografias de Haruo Ohara, Sebastião Salgado, Roger Ballen, Brassaï e Frida Kahlo. Obras de contemporâneos como Os Gêmeos, Beatriz Milhazes, Nuno Ramos e Leda Catunda. Produções de artistas paranaenses, como Poty Lazzarotto, Paulo Leminski e João Turin, entre muitos outros. Obras de Regina Silveira, Luiz Sacilotto. Pinturas do cubano surrealista Wifredo Lam, entre outras, no prestigiado calendário das exposições no MON.

Setor Educativo

O setor Educativo MON tem como objetivo a interação com todas as faixas etárias e promove atividades, como a “Colônia de Férias”, nos meses de janeiro e julho; “Arte para Maiores”; “MON para Educadores”; “Uma noite no MON”, para o público infantil; “MON para Todos”, com total acessibilidade; e “Artistas do nosso Acervo”, que, no primeiro domingo de cada mês, são realizadas oficinas com um artista convidado.

Outros atrativos

O MON possui amplo Centro de Documentação e Referência onde abriga um acervo de cerca de nove mil publicações e periódicos destinados à pesquisa, além de arquivos fotográficos, vídeos etc.. Outro destaque é o Auditório Poty Lazzarotto, com capacidade para 345 pessoas, o Salão de Eventos para quinhentas pessoas, o Miniauditório com sessenta lugares,  o Hall do Pátio das Esculturas e a Sala de Reuniões. E não podemos esquecer da MON Loja com uma seleção de livros sobre arte, publicações para crianças, catálogos das exposições realizadas pelo museu, além de objetos de design, peças artísticas e produtos especiais com a marca MON.

Museu Oscar Niemeyer

Prêmios

O Museu foi eleito várias vezes como um dos lugares mais bonitos do Brasil pelo guia norte-americano Flavorwire, TripAdvisor, rede norte-americana de notícias CNN, site de turismo Pure Viagem, ranking mundial das exposições mais visitadas pela revista inglesa The Art Newspaper, revista Vogue norte-americana, BBC Culture. No ano de 2005, a Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) concedeu ao MON o prêmio de melhor exposição pela mostra “Sonhando de Olhos Abertos. Dadaísmo e o Surrealismo”. No ano de 2011, recebeu dois troféus: o Prêmio Rodrigo de Mello Franco de Andrade, pela melhor programação, e o Prêmio Maria Eugenia Franco, a Maria José Justino e Arthur Freitas, pela curadoria da mostra “O Estado da Arte – 40 Anos de Arte Contemporânea no Paraná – 1970- 2010”, realizada em 2010. Em 2013, o curador Olívio Tavares de Araújo venceu como curador na exposição “Di Cavalcanti: Brasil e Modernismo”. No ano de 2015, a exposição “João Turin – Vida, Obra, Arte” levou o prêmio Paulo Mendes de Almeida, como a “melhor exposição de 2014”.

Onde: Rua Marechal Hermes, 999 – (41) 3350-4400 – Curitiba.

 

Para saber mais dicas de turismo e cultura:  CidadeeCultura.com

 

Museu Oscar Niemeyer

Museu Oscar Niemeyer. Fotos Carlos Renato Fernandes

 




Deixe uma resposta