Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Gastronomia de Ushuaia – Centolla

Gastronomia em Ushuaia – Centolla

Uma das iguarias mais desejadas, a Centolla (lithodes santolla) é a marca registrada da gastronomia de Ushuaia. Este caranguejo gigante é encontrado em águas gélidas no sul do continente sul-americano, de Valdívia ao Cabo Horn. Este crustáceo é bem resistente à pressão da água podendo ser encontrado até a 150 metros de profundidade.

O naturalista Juan Ignacio Molina foi, em 1782, o primeiro a descrever os aspectos morfológicos da Centolla. Por ser uma das proteínas animais mais suculentas, sua procura é e sempre foi grande, o que fez de sua pesca uma excelente fonte de renda aos pescadores locais.

A pesca

A pesca da Centolla foi motivo de conflito de problemas diplomáticos entre Chile e Argentina quando ainda estavam disputando fronteiras, na época denominada Conflito do Beagle.

No mar revolto, embarcações saem, com a bandeira argentina tremulando no frio polar, guiadas por pescadores que mantém a tradições e o instinto da localização ideal para arremessarem uma a uma suas cestas de pesca para serem arrastadas no fundo e, quando puxadas, uma dúzia de Centollas são capturadas e colocadas no convés do navio para a contagem, depois colocadas nas câmaras de armazenamento. Um dia de trabalho árduo que começa cedo e não tem hora para acabar. Elas são vendidas vivas, diferentemente dos peixes. Portanto, quem as consumir terá a certeza de sua qualidade e sabor inalterado.

Quando visitamos Ushuaia é quase obrigatório comermos uma Centolla preparada aos costumes locais. Existem várias opções na cidade e cada uma com uma variedade grande de pratos preparados com o crustáceo. Acompanhada de massas, molhos ou mesmo natural, seu sabor é marcante.

Onde podemos saboreá-la

Volver – Avenida Maipú, 37

La Cantina Fueguina de Freddy – Avenida San Martin, 300

Tia Elvira – Avenida Maipú, 349

Villaggio – Avenida San Martin, 318

La Casa de los Marisco – Avenida San Martin, 245

El Viejo Marinho – Avenida Maipú, 227

 




Deixe uma resposta