Cananeia a Maternidade do Atlântico

Cananeia, a maternidade do Atlântico, capital do turismo educativo no Brasil e primeira vila do país.
Como não se apaixonar por tal lugar? Dos sambaquis aos dias atuais, a cidade preserva sua história, o meio
ambiente e a cultura de suas comunidades tradicionais: indígena, quilombola e caiçara.

A diversidade de sua fauna e a maravilhosa flora de sua Mata Atlântica encanta não só os diversos turistas, mas também a população local que, mesmo habituada a tais paisagens, para suas atividades ao longo do dia para admirar o meio em que vivem.
Essa revista traz um pouco desse rico universo cultural em suas páginas e a beleza desse lugar único em suas imagens. Tenho plena convicção de que, assim como eu, você se apaixonará por essa terra e essa gente.
Boa leitura!

Para saber mais sobre Cananeia, veja a página da cidade no nosso portal

Leia o depoimento final da revista (por Márcio Alves)

CANANEIA FOI UMA PAIXÃO À PRIMEIRA VISTA. A primeira vez em que visitei a cidade foi para fotografá-la para a revista Cidade&Cultura – Litoral Paulista, há uns quatro anos atrás.
Tinha poucos dias para ficar na cidade e por isso agendei um passeio de barco para a manhã do dia seguinte. Antes do sol raiar, já estava com o Ilzo, pescador e monitor local, me preparando para um dia de captura de boas imagens.

O sol nascendo no horizonte trazendo uma luz alaranjada no mar, pescadores se preparando para mais uma jornada e famílias de golfinhos brincando ao redor do barco.

Mais à frente, um enorme banco de areia abrigava uma quantidade enorme de aves que aproveitavam a maré baixa para se alimentarem. Guarás, Biguás, Talha-mares e Gaivotas dividiam o harmoniosamente o espaço. Entrei em êxtase!
Como os paulistanos podem desconhecer a beleza e a importância deste paraíso no extremo sul do nosso litoral? Foi a pergunta que me fiz, envergonhado por fazer parte desse grupo.

Por um motivo que até hoje não entendi, os paulistas denominam como litoral sul a região abaixo da chamada Baixada Santista, Itanhaém, Peruíbe… Já a região que abriga Iguape, Ilha Comprida e Cananéia está dentro do Vale do Ribeira, uma denominação que não permite entender com clareza que esta região litorânea do vale é o nosso verdadeiro litoral sul. E que litoral fascinante!Maternidade do Atlântico, berçário de inúmeras espécies de animais.

Durante o ano todo a cidade recebe alunos das mais variadas escolas do Estado de São Paulo para estudarem o meio ambiente. Para entender o impacto que as atividades humanas, urbanas ou rurais, causam no meio em que vivem e as consequências destas na vidas de todos. Por tal aptidão natural, a cidade recebeu informalmente o título de Capital do Turismo Educativo no Brasil.

Isso enche de orgulho os cidadãos cananeienses e os fazem, na minha opinião, ter um motivo a mais para serem referência na conscientização e preservação do meio ambiente onde vivem.

No entanto, muito ainda há de ser feito para garantir um crescimento sustentável, que respeite as comunidades tradicionais e traga benefícios para a população, preservando de fato a natureza.
Que o país descubra a beleza desta região, se orgulhe de mais esse paraíso brasileiro e que aprenda com a população local que uma maternidade é um local sagrado, exige silêncio, cuidado e respeito.