Search
quarta-feira 20 março 2019
  • :
  • :

Morro de São Paulo na Bahia

Morro de São Paulo

Vista da Segunda Praia em Morro de São Paulo. Todas as fotos são de Fabi Oliveira.

No município de Cairu, BA, está o Morro de São Paulo, um dos pontos turísticos mais badalados e cobiçados da costa brasileira. Como está localizado em um arquipélago, este é  separado do continente pelo Canal de Taperoá.

Morro de São Paulo

Boipeba

Cairu é um arquipélago dividido por quatro distritos: Cairu, Gamboa, Galeão e Velha Boipeba. A população, cerca de dezesseis mil habitantes, se divide em treze núcleos, os quais estão localizados nas três maiores ilhas: Tinharé,  Cairu e Boipeba.

O arquipélago é formado por 26 ilhas e, em uma delas, a Tinharé, está o Morro de São Paulo. Tinharé possui lindas praias: da Argila, da Ponta da Pedra, do Porto de Cima, da Pedra do Facho, Prainha, da Pouça (segunda Praia), da Caeira (Terceira Praia), do Sueiro (início da Quarta Praia), do Porto do Zimbo (Quarta Praia), da Ponta do Mangue (fim da Quarta Praia), do Caminho d’Água, do Encanto, de Garapuá, da Ponta do Quadro, do Pratigi e do Pontal.

A história

O arquipélago foi habitado por índios Aimorés e começou a ser colonizado a partir do século XVI, na época da constituição da Capitania de São Jorge dos Ilhéus. Francisco Romero, o então administrador da Capitania, se encantou pelo lugar e enfrentou os indígenas, transformando o local na Vila de Nossa Senhora do Rosário do Cairu. O desmembramento de Ilhéus ocorreu no ano de 1608. Mas, os encantos locais já tinham sido constatados quando Martim Afonso de Souza atracou em uma falésia próxima ao Morro de São Paulo. Ali, Pero Lopes de Souza descreveu o lugar que, pelo modo de sua narrativa, deu a entender que o local já era conhecido por outros navegadores espanhóis e franceses. O arquipélago foi por muito tempo produtor de farinha de mandioca e cana-de-açúcar.

Atrativos históricos

Morro de São Paulo

Fortaleza Tapirandu

Além das maravilhosas praias, Morro de São Paulo possui um rico passado que está expresso na magnitude das ruínas da Fortaleza de Tapirandu.  Essa fortaleza, que é uma série de fortes e baterias, fez parte na defesa da baía de Todos dos Santos e do próprio arquipélago. Sua construção, em posição estratégica, data de 1630, e foi erguida com óleo de baleia e pedras. Hoje, as ruínas contam parte de sua história. Tombado pelo IPHAN, parte da construção foi restaurada. Já, ao desembarcarmos em Morro de São Paulo, nos deparamos com o Pórtico da Fortaleza. Como a Fortaleza foi construída no contorno de um promontório, é possível passearmos pelas muradas, onde estão placas explicativas, canhões e, no final, lindas piscinas naturais.

Morro de São Paulo

Igreja Nossa Senhora da Luz

Já a Igreja Nossa Senhora da Luz, datada de 1628, construída em estilo barroco, possuiu peças em ouro e prata e lindas imagens sacras, que sucumbiram ao roubo de piratas. Mas, nem por isso, perdeu seu charme e riqueza histórica.

O Farol, situado em outro lindo lugar, data de 1848, um dos mais modernos do Brasil, na época. A vista é fenomenal e seu acesso se dá ao lado da Igreja Nossa Senhora da Luz.  Aproveite o panorama, crie coragem e desça pela tirolesa!

A Fonte Grande, também conhecida como Fonte do Imperador, foi construída em 1746. Aqui, além de servir como fonte de água potável, era ponto para os moradores tomarem banho. Também foi tombada pelo IPHAN.

O Casarão foi a primeira casa de grandes proporções construída na Ilha de Tinharé. Data de 1608, e foi erguida pela família Saraiva. Primeiramente, servia como depósito de farinha, mais tarde, uma escola e, entre muitas compras e vendas, atualmente é uma pousada e um restaurante. Aqui, hóspedes ilustres como D. Pedro II e muitos barões tiveram o privilégio de desfrutar do paraíso local.

Outros atrativos

Mergulho – com a maré baixa, a Quarta Praia é o cenário perfeito para o mergulho recreativo. O recomendado para o mergulho com cilindro são os paredões de Gamboa e os recifes de Itatimirim.

Feira de Artesanato – montada na Praça Aureliano Lima, artistas e artesãos se reúnem para mostrar suas produções fantásticas. Entre semente, prata, ouro, madeira, cerâmica e tintas, os turistas ficam enlouquecidos com tanta criatividade em peças de decoração e mobiliários.

Festas – estar em um paraíso rodeado de águas cristalinas merece uma comemoração, e festas e luais é o que não faltam. Em bares ou nas praias, o que importa é celebrar a vida!

Piscinas naturais – a maré baixa e as barreiras de recife formam as maravilhosas piscinas naturais. Nelas, podemos desfrutar de  belezas e riquezas marinhas. A dica é a Quarta Praia.

Morro de São Paulo

Terceira Praia

Teatro – depois de subir cento e oitenta e oitos degraus, da escadaria que leva até topo do morro do bairro Mangaba, podemos assistir apresentações de capoeira, peças de teatro, música ao vivo, dança e muito folclore. Normalmente esse evento acontece todas as quartas-feiras.

Passeios de barco e caminhadas – outra dica legal é poder conhecer a ilha a pé ou de barco. A pé, você irá desfrutar de pequenos detalhes da arquitetura, das areias da praia, das pessoas, brasileiras e estrangeiras, sentir o cheiro da mata e da maresia misturados, dos sorrisos dos moradores. De barco, verá os contornos das praias, da água espelhada, do céu azul, dos promontórios e da várias ilhotas que compõem o arquipélago.

Como chegar

Morro de São Paulo

Portal da Fortaleza Tapirandu

De avião, a saída é no Aeroporto Internacional de Salvador e a chegada em Morro de São é na  Quarta Praia.

De catamarã ou lancha, a saída é no Terminal Marítimo São Joaquim e a chegada em Morro de São Paulo é ao lado da Fortaleza de Tapirandu.

Outra opção é sair de Salvador, também pelo Terminal São Joaquim, ir de lancha até Itaparica em Bom Despacho, de lá, pegar um ônibus ou van até a cidade de Valença e, no terminal marítimo, pegar uma lancha para Morro de São Paulo.

Também podemos pegar um ônibus ou van em Salvador e ir até Valença e, de lá, pegarmos a lancha para Morro de São Paulo.

 

Para saber mais dicas de turismo e cultura:  CidadeeCultura.com

Morro de São Paulo

Todas as fotos deste post são de Fabi Oliveira




One thought on “Morro de São Paulo na Bahia

    Deixe uma resposta