Universidade de Coimbra, saiba como viver em Portugal e estudar aqui

universidade de coimbra
Janela do meu quarto com vista para torre da Universidade de Coimbra – Fotos: Thiago de Andrade

Já pensou em estudar em uma Universidade que tem mais de 700 anos? Eu tive essa oportunidade em 2019 e escrevi esse guia completo para brasileiros que querem estudar na Universidade de Coimbra (UC).

Antes de tudo, a Universidade de Coimbra (UC) é pública, mas diferente do Brasil, são cobradas propinas (impostos anuais) dos estudantes de acordo com sua forma de ingresso:

– Intercâmbio com universidades públicas brasileiras (meu caso): todo semestre a UDESC abre um edital de mobilidade acadêmica livre. Esses editais ofertam vagas de intercâmbio isentas de mensalidade e oferecem também o suporte na matrícula. Procure sua secretaria de intercâmbio para saber se existe acordo com a Universidade de Coimbra e siga o edital necessário para participar.

– Intercâmbio com universidades particulares brasileiras: mesma situação acima, porém serão cobradas mensalidades proporcionais ao que você paga no Brasil, podendo ser um pouco mais caras;

– Enem: outra opção é cursar a graduação inteira na UC ingressando pela nota do ENEM, mas serão cobradas taxas anuais entre 6000€ a 7000€ + aprox. 100€ de taxas de inscrição (ou 700€ por mês). Para brasileiros com cidadania portuguesa as taxas caem para um valor entre 1000€ a 1500€ no ano (menos de 200€ por mês), nesse caso, precisarão fazer o exame nacional (português) para entrar como estudante português;

– Cartas de motivação: você pode enviar uma carta de motivação, junto com o seu histórico escolar e – se possuir – uma ou mais cartas de recomendação dos professores da sua universidade para o e-mail dri@uc.pt. Também é possível pedir auxílio da sua Universidade nesse processo, e com isso, firmar um acordo com a UC e abrir portas para outros estudantes da sua academia. Nesse caso as cadeiras serão cobradas separadamente e sua mensalidade poderá variar entre 200€ e 700€;

– Bolsas para brasileiros: existem bolsas na universidade através de um concurso especial. Após a aprovação do ENEM e matrícula online a UC envia os prazos e funcionamento desse concurso, será preciso uma nota acima de 16 na escala portuguesa (as notas na UC vão de 0 a 20). Mais em: https://www.uc.pt/candidatos-internacionais/bolsas/index/.

Para quem tem interesse em fazer mestrado, as taxas são parecidas com os cursos de graduação, sendo próximas de 7000€ ao ano para brasileiros e 1500€ ao ano para portugueses. Mais sobre mestrado e doutorado no site: https://www.uc.pt/candidatos-internacionais/oportunidades/posgraduados

Agora sim! Vamos seguir a ordem: custo de vida, visto de estudante e emprego.

Depois voltamos para falar sobre matrícula e detalhes da Universidade.

Custo de vida

O salário mínimo do cidadão português é de 700€ (particularmente conseguia viver muito bem com 650€/mês). A minha conta era: 220€ casa + 200€ alimentação + 30€ transporte + 50€ academia + 100€ lazer + 20€ plano de celular e 30€ outros.

Moradia

Aluguéis em Coimbra são falados em número de quartos na casa após a letra T, ou seja, T1 para uma casa de um quarto, T2 para dois quartos, T3 três quartos, e assim em diante:

  • Morando sozinho (T1): 350€ até 900€ para um “studio” (kitnet, geralmente pequeno, 20m²).
  • Quarto individual numa casa T2 ou mais: 140€ até 300€ para morar com estudantes.
  • Quarto compartilhado: acredito que entre 70€ e 110€ (não encontrei nenhum).
  • Alojamentos da Universidade (T1): em torno de 170€ (na matrícula online é possível reservar um quarto nos alojamentos da Universidade).

Dicas de quem já foi: More o mais perto possível do seu polo de estudos na UC (existem 3 na cidade, um em cada canto). E, se possível, faça uma oferta para pagar tudo adiantado e reduzir o aluguel (consegui reduzir 30€/mês). Os melhores canais para procurar:

  1. Os grupos de brasileiros em Coimbra no Facebook (muito eficientes);
  2. Rede de estudantes: Erasmus e APEB (vou explicar mais depois);
  3. Sites de imobiliária (para ser atual recomendo jogar “aluguéis em Coimbra” no Google e ver os sites da primeira página);
  4. Não se esqueça de andar pelas ruas olhando placas nas janelas das casas e aptos, existem muitos portugueses utilizando a moda antiga.

Número de Identificação Fiscal (NIF)

Os contratos de aluguel são feitos com o seu NIF – como o CPF no Brasil. Para tirar o NIF é necessário ir em uma loja do cidadão (atendimento do serviço público), recomendo ir nas “Finanças”, a loja fica na Av. Fernão de Magalhães, 437, 1º- 2º.
3000-177 Coimbra. O NIF também será exigido para abrir conta em banco.

Você só vai precisar do seu passaporte original e endereço de residência. Antes que você se pergunte, a Universidade de Coimbra oferece uma carta que te representa com endereço da UC, isso significa que eles poderão receber correspondências em seu nome na Casa de Lusofonia (vou falar mais sobre ela lá embaixo). Para isso é preciso ir entre as 8 e 15h na Casa de Lusofonia (ao lado da rotatória D. Dinis) e pedir esse comprovante para o NIF, o documento será impresso na hora.

Particularmente paguei meu aluguel adiantado e nem cheguei a firmar contrato de residência em papel. Como não tive correspondências, também não alterei meu endereço nas Finanças, mantive a UC como endereço vinculado ao NIF.

Transporte Público

A passagem de ônibus custa em média 1,60€. Porém, os estudantes pagam menos da metade, em torno de 0,70€. Fazer o cartão é extremamente rápido e fácil, com o passaporte e um comprovante da faculdade em mãos você consegue tirar seu cartão em menos de 10 minutos no posto do SMTUC, atrás do bar “Super Bock” na Praça da República.

Um bom aplicativo para entender de ônibus é o Moovit. Ele te dá o tempo aproximado de chegada dos ônibus até a sua localização e faz projeções de um ponto A ao B.

Alimentação

Guarde pelo menos 200 euros para comer no mês. Ou considere a tabela de preços aproximados dos supermercados e faça suas contas (tabela no final do post).

As cantinas da UC (ao todo são 11 restaurantes) cobram 2,40€ por refeição e só funcionam nos dias úteis. O horário do almoço é das 11h30 às 14h30 e do jantar das 18:30h às 21h30. No quesito qualidade e cardápio são bem parecidas, eu e meus amigos habituamos na cantina cinza (“ao pé das monumentais”) ou no prédio de químicas. [custa 96 euros para almoçar e jantar o mês todo nas cantinas]

Os principais supermercados da cidade são o Continente, Jumbo e Pingo doce, particularmente acho o Pingo Doce mais barato e no mesmo nível de qualidade dos outros. As marcas próprias dos supermercados são surpreendentemente boas.

Se você morar próximo ou utilizar sempre o Pingo Doce, sugiro fazer o cartão fidelidade para aproveitar mais descontos, os cartões do Jumbo e Continente necessitam de cidadania portuguesa.

Consulte os preços de produtos nos sites: https://www.continente.pt/ ; https://www.pingodoce.pt/ e https://www.auchan.pt/

Visto de estudante

Para evitar complicações com a lei é imprescindível tirar o visto antes de comprar passagem aérea. Parece chato, mas é muito fácil e fica pronto em menos de 60 dias.

O visto que você precisa é o Visto de Estada Temporária. Ele permite acesso ao espaço Schengen, ou seja, poder viajar para 26 países da Europa e voltar para Portugal múltiplas vezes por um período de 180 dias, sendo renovável por mais 180 dias.

Para conseguir seu visto é necessário enviar uma relação de 14 documentos que estão bem descritos no site do consulado: http://consuladoportugalsp.org.br/visto-de-estada-temporaria/

Mas se for seu primeiro contato com um pedido de visto como foi o meu, vou te adiantar algumas dúvidas que tive:

Alojamento: você só precisa mostrar que tem onde dormir quando chegar em Coimbra. Ou seja, ter uma reserva simples de 5 dias com o seu nome, pode ser no booking, airbnb, hostelword, ou outro app de sua preferência.

Seguro médico: eu usei seguro de saúde público PB4. Atualmente é tirado online em aprox 15 dias, você vai precisar do RG, CPF, Passaporte e comprovante de residência (além de preencher um formulário no site): https://sso.acesso.gov.br/login. O portal Eurodicas fez um passo a passo completo para tirar o seu PB4 http://eurodicas.com.br/solicitar-pb4-online/. É interessante lembrar que os gastos com consultas médicas em Portugal, apresentando o PB4, tem um desconto muito significativo. Caso prefira, você pode utilizar um convênio médico internacional.

Autenticação de documentos: maioria das declarações que são como cartas eu somente assinei e fiz uma autenticação simples em cartório, sem apostilar (apostilei somente a certidão de nascimento e a cnh).

Os vistos não estão mais sendo tirados no consulado português, tendo sido terceirizados para a empresa VSF GLOBAL. Ou seja, os documentos necessários são os mesmos, o visto continua sendo o “Temporary Visa – de Estada Temporária”, no entanto, o endereço de tramitação da documentação e as demais informações estão dispostas nesse site: https://www.vfsglobal.com/portugal/Brazil/temporary-visa.html

Oportunidades de trabalho

Se você não possuir cidadania europeia é impossível trabalhar legalmente em Coimbra, mas isso não impede a tentativa de trabalhos informais em restaurantes, bares, baladas e serviços braçais. No meu caso, trabalhei por 6 meses fotografando uma balada e recebia uma média de 30 euros por noite

Conta Universitária em Banco

Para abrir conta em banco será necessário o NIF, comprovante de estudante (certidão  multiuso disponível no inforestudante), passaporte original e endereço de residência. Eu recomendo o Santander, mas muitos amigos fizeram no Activo Bank, ambos não tinham mensalidade para estudantes. Preferi o Santander porque possuia uma agência dentro do Polo 1 da Universidade (próximo a minha casa e a Faculdade de Direito).

E para enviar dinheiro do Brasil eu sempre utilizei o Transferwise. https://transferwise.com/br

Planos de celular

Existem duas grandes operadoras, a NOS e a Vodafone. Eu optei pelo plano WTF da NOS e pagava de modo pré-pago, mais ou menos 20 euros por mês. Recomendo pegar um chip pré-pago logo no primeiro dia de chegada, na operadora que tiver a melhor promoção. Não se esqueça de levar o passaporte original para conseguir comprar o chip.

Voltando para a Universidade de Coimbra

Os números são impressionantes, a UC possui 35 cursos de graduação, 119 de mestrado e 68 de doutorado. É também uma das mais antigas do mundo, além de ser realmente gigantesca, possuindo 3 polos, 8 faculdades, 11 restaurantes, 1 jardim botânico, 2 estádios, 2 museus e 16 bibliotecas. Mais dados interessantes no site: http://uc.pt/

Inforestudante

Todos processos referentes a matrícula são feitos online no site do Inforestudantehttps://inforestudante.uc.pt/ começando no ícone “Registrar”.

As próximas etapas serão muito intuitivas e os processos podem ser diferentes. Ou seja, você precisa escolher qual é o seu meio de acesso, as matérias que quer cursar, etc. São mais de 10 tipos de acordos diferentes, então apenas saiba qual o seu meio de acesso e siga as etapas necessárias.

No meu caso fui no modelo de “Acordos internacionais”, precisei anexar meu histórico escolar, o plano de ensino assinado pela minha chefe de departamento do curso no Brasil, uma foto para carteirinha e depois recebi a carta de aceite (utilizada para tirar o visto de estudante).

O inforestudante é completo e depois da matrícula serve também para reajuste das matérias, materiais didáticos, calendário de provas, certidões e comprovantes, consultas especiais, avisos da faculdade, entre outros. Outro ponto importante é a Certidão Multiuso, depois de matrículado você pode imprimir esse documento no site, ele servirá como representação oficial em diversas situações, para tirar o NIF ou abrir conta de estudante nos bancos.

Dica: se você alterar o endereço no inforestudante as certidões multiuso passam a sair com o seu novo endereço e não mais o da Casa de Lusofonia.

Casa de Lusofonia

A Casa de Lusofonia é o principal prédio da UC para você que está fazendo intercâmbio, suas maiores dúvidas e necessidades podem ser resolvidas lá (bem próxima a rotatória da estátua do D. Dinis). A Universidade é extremamente organizada quanto aos seus prazos, funcionamento, comunicação e auxílio aos estudantes estrangeiros. E nesse sentido os órgãos responsáveis pelos intercambistas geralmente são: a Casa de Lusofonia e a Divisão de Relações Internacionais.

APEB e ERASMUS

Ambos promovem a integração e auxílio dos estudantes internacionais, claro que a APEB vai ter um carinho brasileiro, enquanto o Erasmus vai ter aquele clima gringo. O mais importante é saber separar: o Erasmus é um programa de intercâmbio presente em mais de 40 países europeus, enquanto a APEB é um grupo de pesquisa para brasileiros em na UC.

A Associação de Pesquisa e Estudantes Brasileiros (APEB), é um grupo de estudantes bem receptivos que inclusive faz uma ótima recepção no primeiro dia de aula. Além de abirrem diferentes portas para você dentro e fora da Universidade. Quando cheguei na cidade fui em um jantar da APEB e recebi um calor brasileiro, foi muito bom para não me sentir sozinho nos primeiros dias.

Se sua vontade é conhecer gringo recomendo colar no pessoal do Erasmus. Esse é um programa europeu que oferta intercâmbios entre todos os países da Europa, e foi lá que conheci um pessoal da Polônia, Alemanha, França, Albânia, Espanha e Itália. Um ponto que me ajudou muito na comunicação em inglês foi ter feito o curso na ESEC (na época paguei 250 euros por um semestre letivo e recomendo muito para quem não tem um inglês intermediário).

Carteirinha da Universidade de Coimbra

A sua carteirinha vai chegar logo no dia de apresentação da faculdade. Ela te dá acesso gratuito e descontos significativos em Coimbra e no resto da Europa. Não perca, mas se perder, peça outra pelo site do Inforestudante que não demora muito para chegar (e você não será cobrado por isso).

Lembre-se que a foto enviada na matrícula online é a mesma que será utilizada na carteirinha. Assim que tiver sua carteirinha em mãos, busque fazer a carteirinha do Erasmus (essa vai te ofertar acessos diferentes, como por exemplo, festas e pontos turísticos em outros países).

Como funciona o ensino na Universidade de Coimbra

A Universidade divide os semestres de uma forma diferente, eles consideram que o primeiro semestre começa em setembro e termina no início de fevereiro, e o segundo semestre começa em fevereiro e termina no final de julho.

As matérias que são lecionadas no primeiro semestre não abrirão vagas no segundo semestre, e vice-versa, ou seja, se você precisar cursar uma matéria do primeiro semestre, precisará esperar o início do primeiro semestre, enquanto no Brasil temos cadeiras que abrem todos os semestres, na Universidade de Coimbra as disciplinas só abrem uma vez ao ano.

Escolhendo as matérias na UC

Nas primeiras semanas de aula ocorre o reajuste do plano de ensino, é criterioso que você fique atento aos prazos e escolha com cautela as disciplinas que vai cursar. Você tem 1 mês para você experimentar todas as disciplinas, para só no segundo mês de aula consolidar o seu plano de ensino.

Pontos muito positivos para quem quer experimentar diferentes professores de uma mesma disciplina, também para conseguir se livrar de disciplinas que pareciam atraentes, mas você não se identificou. Ou então para se matricular em matérias que você não conseguiu online, mas que nesse período de reajuste estão disponíveis.

Outro benefício é poder cursar matérias de graduação e mestrado de TODOS OS CURSOS ofertados pela UC. E isso é sensacional, porque, contanto que esteja matriculado ao menos em 2 matérias do seu curso principal, você pode aproveitar qualquer matéria de graduação e/ou mestrado.

Provas, trabalhos e recuperação

A maioria dos professores aplica 2 provas ao longo do semestre, 1 trabalho individual e 1 trabalho em grupo, mas pode variar de acordo com a matéria. O que é muito diferente é o período de exames e a frequência. Na maioria das disciplinas você pode ser aprovado em um semestre por suas notas de prova, independente de ter frequentado 75% das aulas

Como falado anteriormente, a escala portuguesa vai de 0 a 20, e a média de aprovação é 10. Caso não atinja o suficiente nas provas do semestre, você pode fazer o exame normal (prova escrita com média 10), se não passar, vai para o exame de recurso (uma segunda prova de recuperação escrita). Em algumas disciplinas, existe uma oral de melhoria (prova oral) em que você pode aumentar a nota obtida no exame de recurso. Evite ficar de exame, pois eles acontecem depois do período letivo e podem cair em datas que não gostaria.

Bibliotecas e espaços de estudo na Universidade de Coimbra

Além da lendária Biblioteca Joanina (uma das mais antigas do mundo), a Universidade de Coimbra tem mais 15 bibliotecas. De modo geral, os estudantes da UC têm acesso livre para locar um livro em qualquer biblioteca (até mesmo ler um livro antigo dentro da Joanina, se a sua pesquisa justificar a necessidade). Dentro das faculdades também existem salas de estudo com wifi e alguns computadores.

Traje e festas tradicionais da Universidade de Coimbra

Você vai ver muitos estudantes com traje e capa como na saga Harry Potter, acredito que não sejam bruxos, mas nunca se sabe. Esse traje é tradição da UC e não se pode nem lavar a capa. Se for cursar uma graduação inteira recomendo comprar o traje, do contrário, acho que não vale a pena.

Resumindo muito as principais festas são latada e queima das fitas. A latada é uma grande confraternização que marca o início do primeiro semestre letivo, é uma recepção gigantesca dos calouros e lota as ruas da cidade com um clima de festa e início de ano (no mês de outubro).

Já a Queima das fitas (eu consegui ir!) é a maior festa universitária da Europa, quiçá do mundo. Todos os cursos constroem carros alegóricos para os formandos e distribuem bebida de graça nas ruas de Coimbra, o desfile inicia no pátio da Universidade e vai até o Rio Mondego, onde termina em uma festa com vários artistas. Por tradição acontece no mês de maio e reúne estudantes de toda a Europa. Uma mistura de clima de carnaval gringo, muita bebida de graça e a gloriosa alegria de estar se formando, nunca vi nada igual.

Ambas as festas possuem muita tradição e uma sequência de concertos musicais e atos antes da celebração nas ruas. Preferi resumir aqui porque com certeza você vai escutar tudo sobre elas quando estiver em Coimbra.

universidade de coimbra
Trajes a venda na loja mais tradicional: A Toga

Associação Acadêmica da Universidade de Coimbra

Os estudantes formaram em 1887 a associação que promove a participação dos estudantes em integrações extra-classe por meio de eventos, produtos, campeonatos esportivos e afins. É como se fosse um centro acadêmico + atlética de uma faculdade brasileira, só que com muito mais tradição, podendo ser ocupada por alunos de qualquer curso da Universidade de Coimbra e, além disso, com espaço físico de estudos para os alunos da UC. Também possui um time de futebol e é uma grande rede de networking e oportunidades ligadas a vida acadêmica. Mais em: https://www.academica.pt/

Esportes e qualidade de vida

A UC tem uma das maiores faculdades de esportes da Europa, ou seja, se você praticar algum esporte, pode tentar conhecer estudantes do campus de educação física e conseguir continuar praticando. Além disso, pra quem joga futebol, próximo a praça da república existe o Campo de Santa Cruz, um espaço que possui campo e quadra cimentada para locação. Também tem o Rio Mondego onde é possível praticar remo, stand up paddle, corrida e natação. 

Para quem gosta de musculação tem a academia mais popular entre os estudantes, a Phive, também a Faculdades do corpo, Nelson Gym e a melhor porém mais cara, Holmes Place. Se você preferir fazer crossfit/calistenia tem o Crossfit Mondego.

Experiência pessoal:

Cheguei em Coimbra no hostel Farol de Vida, pagando 15 euros por noite. Nesses 5 dias fiquei que nem um maluco me forçando a andar sem google maps e usando o mapa da cidade que ganhei no primeiro dia de aula. Visitei 11 casas em 4 dias e no quinto me mudei para um T7 onde moravam 5 chineses e depois chegou 1 croata (vou colocar na galeria uma foto do meu quarto e outra do Excel feito em caneta e papel avaliando as casas que visitei).

Curtia muito morar na Sé Velha, um dos primeiros bairros da cidade, era uma casa que deveria ter no mínimo uns 300 anos. Além disso, dos meus amigos eu era o que pagava mais barato (200 euros), estava mais próximo a Universidade de Coimbra, e tinha a maior casa, com direito a quintalzão e churrasquinho brazuca nos finais de semana.

Me matriculei em diversas matérias, uma do curso de Turismo, outra do curso de Estudos Europeus, outras duas de Administração Público-privada (meu curso original) e uma do mestrado de Administração pública. Cuidei muito da saúde, fiz academia e natação na Holmes Place e eventualmente saia para correr no Rio Mondego. Eventualmente também jogava futebol com um grupo de amigos do meu primo português.

Aproveitei muito a vida noturna e saia 4 dias na semana para abastecer a máquina de álcool. Terça e quinta são como sexta e sábado para os tugas, pois muitos vão visitar a família aos finais de semana. E sexta e sábado temos os intercambistas. Por favor não deixe de conhecer meus rolês favoritos: Rugby Lounge Club, Mandarim, Whats’up Doc, O Reitor, NB club, Kibase Tango, NK e Murphy’s, também tem o karaokê perto do centro comercial “Avenida” para você que gosta de cantar Evidências.

Coimbra é animal, mas sair para conhecer a Europa consegue superar em milhões de vezes. Guardei todo dinheiro possível para viajar nas férias e fiz um mochilão pelo leste europeu. Já fui pra Portugal pensando nesse mochilão, então todo dia eu checava promoções de passagem. As passagens aéreas são extremamente baratas, recomendo muito os apps da Skyscanner e Ryanair, além dos clássicos Flixbus e Omni para quem não tem crise em viajar de busão/trem.

Coimbra deve ter mais brasileiro que Blumenau (cidade de colonização alemã em Santa Catarina), você não vai parar de encontrar carioca, gaúcho, mineiro, paulista, goiano, entre muitos outros de estados diferentes. Ou seja, vai ter gente para te fazer se sentir em casa. Tanto é verdade que fiz dois amigos paranaenses que se tornaram irmãos para o paulista aqui.

Agradeço imensamente aos portugueses que me receberam em Coimbra, em especial a família Alves Bandeira, ao meu grande amigo Vasco Silva e todos os amigos e amigas do Rugby Lounge Club. Em Portugal fiz amigos para a vida toda. E vivenciei algo de uma forma que nunca havia pensado: ‘’Portugal e Brasil são pátrias irmãs’’.

Universidade de Coimbra
Saudades de morar na Sé Velha – Tirei essa foto deitado na minha cama

Dicas aleatórias de amigo:

– Não deixe de usar o Rio Mondego, ele é um dos melhores pontos de paz da cidade;

– Se você gosta de vinho aproveite o meu top1: a vinícola Monte da Ravasqueira, tinto, branco ou rosé. (de 4 a 7 euros nos supermercados e 60 reais no Brasil);

– O bar Whats’up doc ta sempre lotado de gringo por causa do Erasmus e tem o chopp mais barato;

– Esteja atento sempre nas promoções aéreas, o app da ryanair muda toda semana;

– Visite bem todos os pontos turísticos da faculdade: Biblioteca Joanina, Jardim Botânico Palácio, Catedral, Torre, Museu de Ciência e Museu Machado de Castro. O que eu mais gostei foi o Museu Machado de Castro e a Biblioteca Joanina;

– Ainda nessa linha, visite logo tudo que conseguir em Coimbra e não deixe para os últimos dias, as vezes por pensar que vamos ter todo o tempo do mundo deixamos pra depois e acabamos não conseguindo tempo para ir;

– Não more sozinho, procure casas com mais estudantes, tenho certeza que vai valer a pena;

– Faça um Pub Crawl em Coimbra (tour pelos pubs e bares com a galera do Erasmus);

– Fique atento e aproveite os eventos, palestras e viagens proporcionados pela UC;

– Não saia pra beber se você tem aula de manhã no outro dia. Te garanto, uma cerveja é um caminho sem volta;

– Alugar um carro para conhecer Portugal é algo mais barato do que você pensa. Chegamos a alugar um carro por alguns dias e conhecemos 17 cidades do país;

– Não deixe de conhecer a capital, Lisboa, e de comer o pastel de belém na “Pastelaria de Belém”;

– Se você gosta de peixe, Portugal tem ótimos preços e peixes frescos em todos os supermercados;

– Se estiver procurando um trabalho informal não diga que está procurando um “bico”. Essa linguagem informal que para nós significa um trabalho qualquer, para eles significa sexo oral. (Sim eu passei essa vergonha falando com amigos portugueses);

– Aproveite cada segundo, faça seus planos e reserve tempo para realizar todos eles. Quanto você menos perceber o intercâmbio já vai estar na finaleira;

– O restaurante Alentejo dentro do Alma shopping oferece uma refeição, café e suco por 5 euros para estudantes (com carteirinha). É um baita prato com arroz, feijão, churrasco, batata frita, etc + café e suco;

– Se sentir muita saudade de comida brasileira vá em um restaurante do Ponto Brasil, sei que tem no Alma Shopping e no Fórum Shopping;

– Conheça os cafés na cidade e descubra qual é o que mais tem sua cara. O meu era o Super Bock bem no meio da Praça da República;

– A ESEC (Escola Superior de Educação de Coimbra) oferece cursos de inglês para diferentes níveis. Os cursos tem duração de um semestre ou um ano. Eu fiz, gastei na época 250 euros no curso de inglês intermediário A2-B1 e achei satisfatório;

– E por último, navegue bem pelo site da UC, lá tem tudo que você precisa. Confira também as principais dúvidas de brasileiros elencadas pela Universidade: https://www.uc.pt/brasil/faq

Boa sorte na sua viagem! Obrigado por ler até aqui e fique a vontade para tirar dúvidas, ou então, acrescentar dicas e comentários. Caso prefira, estamos atentos no instagram @cidadeecultura e nas demais redes sociais do Cidade&Cultura.

Galeria de Imagens da Universidade de Coimbra

Não deixe de conferir minhas fotos na galeria desse post! Além das fotos da UC coloquei também um pouco dos meus cantinhos favoritos em Coimbra, uma foto da minha tabela para encontrar a casa, e outra com os meus dois irmãos paranaenses, Gui e Rique.

Fiquei devendo a tabela de preços aproximados dos produtos que eu mais consumia:

Bebidas:

  • Sucos de caixa 1L = 1€
  • Refrigerantes 1,5L = 1€
  • Água 2L = 0,50€
  • Leite 1L = 0,50€
  • Café Delta 500g = 3,50€
  • Vinhos de Mesa 700ml = 1 a 3€
  • Vinhos bons 700ml = 4€ a 15€

Comidas salgadas:

  • Arroz branco = 1€
  • 1kg de feijão = 1€
  • Batata 1kg = 1€
  • 200g de presunto parma = 1,50€
  • 200g de muçarela = 1€
  • Atum 120g = 0,80€
  • 1kg de frango = 6€
  • 1kg de carne vermelha = 10€
  • Verduras e legumes continuam sendo baratos (um pouco mais caros do que no Brasil)
  • Sal de Cozinha 500g = 0,80€
  • Lasanha pronta de 1kg = 3,50€
  • Pizza pronta de forno = 2,50€
  • Saladas gourmets prontas = 3,50€
  • Pães de forma = 2€

Doces:

  • Açúcar branco 500g = 0,80€
  • Sucrilhos 500g = 1,50€
  • Chocolate e afins = entre 1€ e 5€

Leia mais matérias de Thiago de Andrade na sua coluna Mochilão nas Costas